Cabelos

Fototerapia Capilar: 9 Benefícios para seus Cabelos

Fototerapia Capilar

Em primeiro lugar, a fototerapia capilar é uma técnica que utiliza a luz de LED e laser para estimular o crescimento e fortalecimento dos fios, além de combater a queda de cabelo e outros problemas do couro cabeludo. Neste artigo, explicaremos o que é, como funciona e quais os benefícios da fototerapia capilar.

Publicidade

Leia também: 10 Tendências de Cabelos Cacheados com Luzes mel

O que é a Fototerapia Capilar?

A fototerapia capilar baseia-se no princípio de que a luz possui propriedades terapêuticas capazes de penetrar na pele e nos tecidos, ativando assim os processos naturais de regeneração e cicatrização. A luz de LED e laser tem diferentes comprimentos de onda e cores, que podem ter efeitos específicos sobre as células do folículo capilar, o metabolismo celular, a síntese de proteínas, a produção de colágeno, o fluxo sanguíneo e a inflamação.

São os dispositivos portáteis como: bonés, capacetes ou pentes, que emitem luz diretamente sobre o couro cabeludo, possibilitam a realização da fototerapia capilar. Além disso, um especialista em uma clínica ou consultório pode utilizar equipamentos profissionais, como painéis ou canetas.

Publicidade

Como funciona a fototerapia capilar?

A fototerapia capilar funciona através da exposição do couro cabeludo à luz de LED e laser, que pode ter diferentes cores e intensidades, dependendo do objetivo do tratamento. Contudo, as cores mais usadas são:

1. Luz vermelha:

Tem ação estimulante e vasodilatadora, aumentando o fluxo sanguíneo e a oxigenação do couro cabeludo, favorecendo a nutrição e a eliminação de toxinas dos folículos capilares. Além disso, a luz vermelha estimula a produção de ATP, a energia celular, que acelera o crescimento e a divisão das células capilares. Contudo, a luz vermelha é indicada para o tratamento da queda de cabelo, da alopecia androgenética, do afinamento e do enfraquecimento dos fios.

2. Luz infravermelha:

Ela tem ação anti-inflamatória e analgésica, reduzindo a dor, o inchaço e a vermelhidão do couro cabeludo. A luz infravermelha também estimula a produção de colágeno e elastina, os quais são proteínas que dão sustentação e elasticidade à pele e aos cabelos. O tratamento de cicatrizes, feridas, queimaduras, dermatites e psoríase no couro cabeludo é indicado por meio da aplicação de luz infravermelha.

Publicidade

3. Luz azul:

Já tem ação bactericida e fungicida, eliminando os micro-organismos que podem causar infecções, caspa, seborreia e mau cheiro no couro cabeludo. A luz azul também tem ação seborreguladora, diminuindo a produção excessiva de óleo pelas glândulas sebáceas, o que pode obstruir os poros e prejudicar o crescimento dos fios. Contudo, a luz azul é indicada para o tratamento da oleosidade, da caspa, da seborreia e da acne no couro cabeludo

Você pode realizar a fototerapia capilar de forma isolada ou associada a outros tratamentos, como medicamentos, suplementos, loções, shampoos, condicionadores e máscaras capilares, para potencializar os resultados. Além disso, é possível realizar a fototerapia capilar tanto antes quanto após procedimentos como o transplante capilar, a micropigmentação capilar, a mesoterapia capilar e o microagulhamento capilar. Essa abordagem acelera a recuperação e melhora o aspecto dos fios.

Quais os benefícios da fototerapia capilar?

A fototerapia capilar é uma técnica que oferece diversos benefícios para a saúde e a beleza dos cabelos, como:

  1. Estimula o crescimento e o fortalecimento dos fios, aumentando a densidade e o volume capilar;
  2. Combate a queda de cabelo, prevenindo e tratando a alopecia androgenética, a alopecia areata, a alopecia cicatricial e outras formas de perda capilar;
  3. Melhora a qualidade e a aparência dos fios, tornando-os mais brilhantes, macios, hidratados e sedosos;
  4. Regula a oleosidade e o pH do couro cabeludo, evitando a obstrução dos poros e a proliferação de bactérias e fungos;
  5. Controla a caspa, a seborreia, a dermatite e a psoríase no couro cabeludo, reduzindo a coceira, a descamação e a inflamação;
  6. Acelera a cicatrização e a regeneração do couro cabeludo, diminuindo as marcas e as manchas de cicatrizes, feridas, queimaduras e acne;
  7. Alivia a dor, o inchaço e a vermelhidão do couro cabeludo, causados por traumas, infecções ou procedimentos invasivos;
  8. É um tratamento seguro, indolor, não invasivo e sem efeitos colaterais, que pode ser feito em casa ou em clínicas especializadas;
  9. É um tratamento acessível, com custo-benefício vantajoso, que pode ser adaptado às necessidades e aos objetivos de cada pessoa.

Quais são as Contraindicações da Fototerapia Capilar?

A Fototerapia Capilar tem algumas contraindicações, os quais são:

  1. Doenças que causam fotossensibilidade, como lúpus eritematoso sistêmico, dermatomiosite, xeroderma pigmentoso, albinismo, pênfigo e porfiria;
  2. Histórico de melanoma ou de câncer de pele não melanoma, especialmente se houve exposição ao arsênio ou à radiação ionizante;
  3. Tratamento com imunossupressores, que podem aumentar o risco de infecções e câncer;
  4. Insuficiência hepática grave, que pode impedir a eliminação adequada da bilirrubina;
  5. Fototipo VI, o qual é o tipo de pele mais escuro, o qual não pode responder bem à fototerapia;
  6. Gravidez e amamentação, que podem alterar a sensibilidade da pele e a absorção dos medicamentos usados no tratamento.

Portanto, antes de iniciar a fototerapia capilar, é importante consultar um dermatologista para avaliar a indicação, a dosagem, o regime e os possíveis efeitos colaterais do tratamento.

Conclusão

Enfim, a fototerapia capilar representa uma abordagem inovadora e acessível para promover a saúde capilar. Afinal, com a continuidade das pesquisas e desenvolvimento tecnológico, a fototerapia capilar promete desempenhar um papel cada vez mais importante no cenário do cuidado capilar, proporcionando resultados visíveis e duradouros.

E aí, curtiu a matéria? Então conheça mais:

Siga a gente em nossos perfis no FacebookInstagram e Pinterest para conferir muito

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *